Posts recentes...clique...navegue...explore!

26.7.07

Amor Pássaro


Voltei a escrever, voltei pra mim.

Descansado o coração quer voltar a trovoar no peito
Nas  arruaças inofensivas da vida.

As palavras chegam como se fossem revoada
Pássaros famintos voando alto
Escolhendo paisagens

O amor que quer pousar de novo.

Já era tempo.








Falso Enredo.



Você quer conversar ou apenas se justificar?

Quer ter consideração ou a questão é não admitir que errou a mão?

O que precisa ser dito sobre um livro que não foi escrito?

Para que passar da introdução, se essa história é apenas uma página amassada no chão?

Não preciso ouvir nada, não preciso gastar qualquer palavra.

Escrevo agora novos capítulos de uma história que não inclui você.