Posts recentes...clique...navegue...explore!

18.10.18

Começo...


E bem no final de todas as contas...
Ela se apaixonou pelo seu próprio amor

Por todas as inéditas emoções que sentia
Pelas cenas maravilhosas que visualizava
Pela potência que considerou fato concreto
Pelas sintonias que tornaram-se depoimentos
Pelos fragmentos transformados em monumentos
Pelas músicas que formaram uma incrível trilha
Pelos desejos que sacudiram a rotina do dia a dia
Pelos sorrisos que ativaram músculos desconhecidos
Pelas palavras que bailavam dela depois dos capítulos
Pela provocação que tanta vida fazia ao preguiçoso óbvio

Ele, no duro, era apenas um cara disponível...até não ser mais.
E quando ela se deu conta, pegou seus sapatos e partiu de calcinha
Ela não tinha mais tempo a perder...um começo a esperava longe dali



2018