Posts recentes...clique...navegue...explore!

25.10.19

Relevância...


Não tenho critérios rígidos de tempo
Não tenho receio do que é efêmero
.
.
.
Mas...
.
.
.
Não me retém o que não sai do lugar
Não me interesso por fragmentos
.
.
.
Que seja até a esquina
Mas que seja inteiro
E de verdade
.
.
.
Bobagens?
Cansei.



Artwork: Christian Schloe  (blog sepia version)







24.10.19

After

(...)

Foi tão cansativo que ela deu um suspiro tão grande
Que quase virou do AVEsso...



Foto: Autêntica  (blog sepia version)


23.10.19

Revelação


.
.
.
Quando você sabe quem é
Você sabe o que quer
E o que te cabe
.
.
.
É inevitável.




Artwork: Christian Schloe  (blog sepia version)










21.10.19

Pouso


Só pouso onde...
.
.
.
Me faz rir
Me faz feliz
Me faz vibrar
Me faz ter + fé
Me faz descansar
Me faz ser melhor
Me faz ir além mar
.
.
.
Ou
.
.
.
Voo.   .   .





19.10.19

18.10.19

Prosperidade



Temos sempre que acreditar em dias melhores
Porque assim eles nos acham...








"Meu" café em Búzios - 2019

17.10.19

14.10.19

Era uma vez...



Uma pessoa
.
.
.
Cheia de ideias
E de sonhos bons
Cheia de projeções
Ilusões inofensivas
E de otimismos irreais
.
.
Mas que não gostava de viver faz de contas
Porque sabia que a paz está no que é de verdade...







11.10.19

Eu



No momento em que eu erro feio na percepção que eu tinha de alguém e me surpreendo (não no melhor sentido), me choco e vejo o quanto me equivoquei, não fico chateada e nem doída, fico agradecida. 

Fico agradecida de eu ser eu, e de todos que me conhecem terem de mim exatamente quem eu sou.

Não tenho nada oculto, não tenho nada maquiado, não tenho nada camuflado, não tenho nada que não possa ser visto a olhos nus, inclusive dificuldades, fragilidades e enganos. 

Esse é o meu tesouro.

E minha herança.

Ser de verdade.




Eu na Marina da Glória - Aterro do Flamengo - 2019



7.10.19

Status



Algumas vezes a ordem dos fatores não altera uma soma, em outras, subtrai tudo dela...












1.10.19

Retidão


Não quero que volte a falar comigo

Que vibre pelos meus tímpanos


Não quero que entre no meu corpo

Que se faça presente de novo


Não quero que me aqueça

Quero que me esqueça


Não quero seu arrego

Quero vácuo eterno


E isso que quero
.
.
.
Agora.





27.9.19

Na rota


Busquei e reencontrei a amplidão
Olho para frente e respiro abertura
Cabelos, corpo e sentimentos ao vento
.
.
.
Subitamente um fio de saudade me puxa
Olho para trás e vejo a ilha lá ao longe
Sinto que trouxe em mim pedaços invisíveis
Do que sempre me lembrarei em qualquer tempo
.
.
.
O vento nota que balancei e vem forte em meu resgate
Usando meus cabelos para me acordar à base de chibatas
Me obrigando a voltar a encarar àquele horizonte límpido
.
.
.
Estou sem bagagem, sou movimento, volto à aventura de navegar
Deixei pra trás, na ilha, absolutamente tudo o que me fez partir
.
.
Volto ao mar



Livre




Foto: Eu em Búzios | Set 2019

25.9.19

Amplidão




Navegar é preciso
Lançar-se de novo
Jogar-se além mar
Abrir os caminhos
.
.
.
Ir em direção ao ponto zero
Poder mergulhar fundo
Sem que icebergs
Inesperados
Detenham
.
.
.
O fluxo.






Foto: Eu em Búzios | Set 2019



17.9.19

Roteiro


Que fiquem os textos
Eternamente roubados

Que fiquem as projeções
Cenas, sequências, clímax

Que fiquem sensações e toques
De longos e prazerosos ensaios

Que fiquem os fragmentos...no ar
Das conexões e sintonias rompidas

Que fique assim, história inventada

O resto  .  .  .
.
.
.





16.9.19


A solidão não me despedaça
A solidão me cura

A solidão não me assedia
Eu faço questão dela

A solidão é um encontro
Com você mesmo

A solidão é oxigênio
É pausa de tudo
.
.
.
É Precisa
.
.
.
Preciso.




Foto: Eu no MAM - RJ

13.9.19

Matemáticas



Nesse planeta...

Você rechaçar

Quem quer somar
Quem quer edificar
Quem quer contribuir
Quem quer caminhar junto
Quem quer investir em você
Quem quer ajudar você a crescer
.
.
.
Diz muito sobre onde você quer ir...
.
.
.
E chegar.






11.9.19

Marisa Monte



Eis o melhor e o pior de mim
No meu termômetro o meu quilate
Vem, cara, me retrate
Não é impossível
Eu não sou difícil de ler
Faça sua parte
Eu sou daqui, eu não sou de Marte

Vem, cara, me repara
Não vê, 'tá na cara
Eu sou porta-bandeira de mim
Só não se perca ao entrar
No meu infinito particular
Em alguns instantes
Sou pequenina e também gigante

Vem, cara, se declara
O mundo é portátil
Pra quem não tem nada a esconder
Olha minha cara
É só mistério, não tem segredo

Vem cá, não tenha medo
A água é potável
Daqui você pode beber
Só não se perca ao entrar
No meu infinito particular

(...)





Infinito Particular - Compositores: Marisa De Azevedo Monte / Arnaldo Augusto Nora Antunes Filho / Antonio Carlos Santos De Freitas






10.9.19

Fechado.


(...)

Ela tinha que acordar sozinha
Já no dia seguinte...
Hoje não deu
Mas a porta
Bateu
.
.
.
Fez
.
.
.
Bum!

9.9.19

Perdas & Ganhos


Há quem não suporte a solidão

Eu necessito me encontrar comigo
Eu preciso de uma dose diária dela

Eu e o meu tempo, honestidade, oxigênio
Eu e meu quadrado, pequeno pedaço do mundo
Eu e meus pensamentos, percepções, reflexões
Eu e eu, tête a tête, face to face, cara a cara

Por isso, amo a privacidade, individualidade, pausa
Prezo o que me faz entender, me importar, me superar
É é assim que eu me recomponho, me fortaleço, descanso
.
.
.
Para viver...





8.9.19

Quadrado



Às vésperas de 2020
No tal mundo globalizado
Com as expressões ampliadas
E o que percebemos em toda parte?
Que de repente todos querem ser iguais
E que estão se tornando reféns
De falsas expectativas
De falsos modelos
De falsos eus
Em um mundo
Quadrado e
.
.
.
Chato.




7.9.19

Opium


(...)


Abraços esfomeados

Que unificavam
Que sufocavam
Que liberavam
.
.
.
Saudade


Mãos ambiciosas

Que deslizavam
Que apertavam
Que abriam
.
.
.
Desejo


Beijos extasiados

Que exploravam
Que passeavam
Que invadiam
.
.
.
Tudo


Encaixes perfeitos

Que estremeciam
Que instigavam
Que viciavam
.
.
.
Explosão


Encontros maculados

Que machucavam
Que apartavam
Que teimavam
.
.
Opium






6.9.19

Preliminares


Se jogar em uma pista de dança
E dançar todas, se entregando ao ritmo
É como vivenciar preliminares intermináveis
Você fica curtindo o caminho, ainda não chegou lá
Mas seu corpo todo fica motivado e preparado pra isso
.
.
.
Dance.





Photo: pxhere.com




5.9.19

Contraditório


Sim que pode ser sim
Não que pode ser sim
Sim que pode ser não
Não que pode ser talvez
Não que pode ser nunca mais
.
.
.
Tudo isso ao mesmo tempo agora
Nenhuma das alternativas acima
.
.
.
Eu falo quando eu bem quiser
Eu penso o que bem entender
Eu faço o que for verdade

Pra mim.














4.9.19

Passeio


(...)

Eram tão intensas que a carícia preguiçosa do vento que entrava pela janela a excitava.

Assim como o arrepio involuntário do seu corpo ao ser tocado pelo frio do inverno...
O contato delicado do meio dela com a calcinha macia entre as pernas cruzadas...
A dobra lânguida do decote do vestido escorregando pelo seu ombro esquerdo...
.
.
.
Elas...
.
.
.
As indomadas
Degustadas
Molhadas
Quentes


Lembranças.




3.9.19

Sinopse







Nem sempre o que eu escrevo é verdade
Mas o que eu sinto sempre é.













Artwork: Christian Schloe  (blog sepia version)









2.9.19

Astronautas


(...)

E havia uma característica muito comum aos seres humanos da segunda década dos anos 2000: um assustador número deles insistia em des-perceber que as coisas não poderiam mais ser como ANTES.






1.9.19

Ondas...


E o que você faz, quando ondas gigantes internas reviram tudo e te deixam nua, expondo verdades camufladas?

Você se acalma e espera, porque maremotos assustam, mas também expulsam o que não pertence aos mares...







31.8.19

30.8.19

Cume


(...)

Ela subiu nele como se ele fosse um Everest possível...
Mas Everests são para kamikases, e ela não era um.





29.8.19

Céu





Estou cansada de tudo que passou.

Agora

Quero me cansar com coisas novas.











" The Night Is Still Young " by Christian Schloe  
     (blog sepia version)

23.8.19

cume



Há momentos em que você precisa da sua força em toda a sua potência
E precisa tanto que não pode perder tempo com nada que esteja fora dela...






21.8.19

Pergunta




Quando insistimos em questões das quais já sabemos as respostas...

Estamos tentando entender?
Estamos tentando aceitar?
Estamos tentando ouvir?
.
.
.
Ou
.
.
.
Estamos tentando eliminar as respostas anteriores?







20.8.19

Expiação


Procuro a arte para me provocar...
Insisto em ir além, em ver e ouvir
Mais dos que as cores desbotadas
E os sons viciados da realidade.

Procuro a nudez da alma
Que a arte (ousadamente)
Está sempre a expiar
.
.
.
Por natureza
.
.
.
Como eu...



Fotos: Eu no Artsonica - Oi Futuro 2019



19.8.19

EuPENSOque

Você TEM que
 reconhecer e VALORIZAR
 Quem é IMPORTANTE
 pra você e TEM QUE
 demonstrar isso 
 (ponto)©




18.8.19

Arremate


Não amo com a razão
Não amo com o tesão

Não amo com a ilusão
Não amo com o coração

Não amo com projeções
Não amo com permissões

Não amo pelas sintonias
Não amo pelas afinidades

Não amo pelas facilidades
Não amo pelas dificuldades

Não amo pelas necessidades
Não amo pelas oportunidades

Não amo pelas cumplicidades
Não amo pelas conveniências

Amo
Com
Tudo!

Por isso
Para mim
Desamar é...

Longo
.
.
.
Difícil
.
.
.
Trabalhoso
.
.
.
Mas acontece.





17.8.19

Drummond me define



A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a felicidade. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional.

Carlos Drummond de Andrade



16.8.19

Temos


Temos
Sempre

Que buscar
Que renovar

Que fortalecer
Que reconhecer

A nossa energia vital

Porque ela fica exposta
Ao fogo cruzado da  vida
Que  a embaça, interrompe
Desvia,fragmenta, corrompe

Mas ela permanece alcançável

Só não podemos perder o caminho
.
.
.
De volta.




15.8.19

Renovação


Tentar TUDO por um desejo tem muito valor
Mesmo quando não somos vitoriosos

Porque o poder não está no resultado final
E sim em ter completado a jornada

O poder está no quanto você foi honesto
E no quanto isso te moveu e lançou
.
.
.
Uma força que pode levá-lo a conquistas...


Se não essa, o u t r a s