Posts recentes...clique...navegue...explore!

28.3.19

Economia


(...)

Não quero mais gastar muitas palavras com quem não pode me entender. Vou falar apenas o estritamente necessário, se necessário for; senão, nem isso. Literalmente, não tenho tempo a perder. É terminal minha paciência para arrogância, ignorância, falta de noção, irresponsabilidade, preguiça, superficialidade e covardia. 

Não. Não vou mudar o mundo e nem brigar com todos que estão nele. Vou apenas escolher meus caminhos e minhas companhias; e vou me priorizar e me preservar para gastar tempo com outra paciência: a de chegar exatamente no lugar que eu quero.