Pular para o conteúdo principal

Postagens

Chegada

Postagens recentes

10 Imprescindíveis NÃOS!

Não me entrego Não me acomodo Não mando recado Não fico engasgada Não perco mais tempo Não enfeito mais pavão Não me engano por pouco Não me deixo dominar por medos Não tento mais falar grego com troianos Não tenho mais medo de falar ou ouvir nãos Artwork: Peggy Collins

Muitas coisas que amo

Chocolate Comer bananas Tomar espumante O filme Amélie Poulain A minha própria companhia Descobrir músicas novas no Spotify As tiradinhas espirituosas da minha mãe Mergulhar no mar bem fundo, furando ondas Escrever, me expressar, me descobrir, traduzir-me Dançar por horas em uma pista de música eletrônica Tirar fotos, olhar tudo exercitando ângulos melhores Malhar e sentir todos os músculos do meu corpo vivos Ouvir música o dia todo, alimentando minhas playlists Dar risadas demoradas de bobagens com meus amigos O sorriso espontâneo dos meus filhos quando me vêem Ver arte, inspirar-me vendo visões fora de qualquer caixa Viajar para longe de tudo e todos, e para bem perto de mim A paz da minha casa e o aconchego dos seus detalhes afetivos Andar muito, observando, descobrindo, pensando, espairecendo Photo: Pedro Cury | Eu no Oi Futuro 2019

10 coisas que não gosto...

Quando a xícara de café balança e o café transborda, fazendo o líquido escorrer discreto, mas maculando o pires... De pessoas que não olham nos meus olhos nunca, como se falassem comigo sempre atrás da vidraça fechada de uma janela. De pessoas que têm preguiça de sorrir porque, na verdade, não gostam de dar coisa nenhuma para pessoa alguma. De pessoas que falam sem parar, sem respirar, emendando assuntos, fazendo de tudo para evitar qualquer mínimo contato até com elas mesmas De pessoas sem responsabilidade emocional, que provocam e cativam sem qualquer intenção a não ser a de fazer do outro mero entretenimento De grosserias gratuitas, não provocadas, não justificadas, verdadeiras "pedras em gatos" De horários impostos que brigam com o meu relógio interno e me roubam tempo bom.  De situações vividas com começo, meio e fim; mas sem palavras, sem ações, sem fatos, sem transparência; alimentadas e morridas apenas na subjetividade, por pura covardia. Quando ignoro minha intuição

Lalande

Ela estava ali, de saia grudada nas pernas molhadas, blusa larga ao vento, ombros à mostra, nua. O mar dissipou sua solidão, enchendo seu instante de sons brandos e carícias macias. Ela olhava para um horizonte que não enxergava, mas pressentia. Uma brisa anunciava que ela não se deteria ali, que  não se deteria mais. Sereias a olhavam escondidas entre as pedras, marinheiros nadavam para longe. No mar não havia embarcações, apenas água, infinito, e todas as possibilidades que submergiram para acompanhá-la na volta para ela mesma. Sereias a olhavam escondidas entre as pedras, marinheiros nadavam para longe. Seu corpo, agora em movimento, foi  desaparecendo na areia; sumindo depois entre as árvores, deixando o cenário sob silêncio; sem perguntas, sem respostas. Ela não estava mais sozinha: serenas certezas partiram de mãos dadas com ela. Lalande - Citação do livro Perto do Coração Selvagem de Clarice Lispector. Painting: Marco Busoni

Delete

(...) Certa manhã, no meio da pandemia global, de um cenário local surreal regido por um Presidente estúpido, trabalhos incertos, desencontros decretados e um ranço das redes sociais que só desassociam, recebi de um amigo um vídeo de uma criança fofinha que mal sabia falar. Logo que vi os primeiros segundos da tal gracinha deletei o vídeo sem dó! Fiz isso em um gesto tão contínuo que, por alguns outros segundos, procurei uma culpa qualquer dentro de mim pela minha frieza cirúrgica. Foi quando uma Maria veio de mim e apressou-se a me avisar:  — Hoje estou sem poesia. Artwork: M . Hodgins

Marina Colasanti inéditas

  " Preste atenção ao seu sonar, ao que bate na sua alma diferente" "Quanto mais difícil fica a vida das pessoas, mais elas querem rir ao invés de refletirem" " As crianças precisam de estímulos que escancarem as portas do seu imaginário e não de histórias de princesas com finais sempre felizes. Elas têm muito mais para contar" "Literatura tem que ter bússola. Você tem que ser coerente com a direção do que você quer dizer" "Ser escritor é canibal. Essa profissão nos come" "O inesperado enriquece o texto" (Frases ditas durante o Curso Carpitaria Literária - Estação das Letras) Photo: Emile de La Croix