Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2017

Entre Partos e Poesia

Não teve jeito, ela teve que voltar ao útero.
Foi uma viagem lenta, mas ininterrupta, só acabou quando algo se concretizou
Uma viagem de volta, para recompor a configuração original por ela condenada
Para procurar pedaços perdidos quase invisíveis de tão pequenos, mas seus
Para se livrar de muitas partes que não a pertenciam, foram acopladas

E lá, de volta, ficou algum tempo
Primeiro no escuro
Depois no silêncio
E então veio a água
E veio a luz de novo

Ela saiu
Dessa vez saiu no seu ritmo
Suave
Harmônico
Quase um ballet

Ao se ver do lado de fora
Depois de sair organicamente
Agora sem nenhum sofrimento
Pensou
Finalmente nasci.


Artwork: Zuber Buhler Fritz

Só que não...

Uma vez comi uma salada em que o palmito estava duro como pedra. Fiquei tão irritada (o lugar ainda por cima era caro) que não reclamei com o garçom, pedi para chamar o chef!
Minutos depois chega um louro de rabo de cavalo, bronzeado, todo tatuado e com um desarmante sorriso. Ele perguntou o que havia me desagradado. Pedi a ele para provar o palmito. Ele provou, ficou sério, fez uma cara de contrariado, respirou, armou o belo sorriso de novo e disse: 
— Não tenho como te compensar de um erro tão primário a não ser cozinhando pessoalmente um jantar para você, hoje...

Photo: Dreamstime

Janela

Instantâneo Espontâneo Intenso Explosivo Acaso marcado Estava escrito Talvez rabiscado Quem pode saber Encontro de sóis e de escuridões Lado A  Lado B Lado C Multifacetas Vontades Desejos Fantasias Realidades escondidas Uma metade da outra metade Que não necessariamente se pertencem Mas que são o que faltava na outra Mundos alternativos Porta secreta aberta Janela escancarada Enredos não escritos Surpresas Vida Algumas horas Um dia Algumas semanas Um par de meses Um punhado de anos O resto da vida O que importa diante da sorte de um encontro tão improvável Uma esbarrada que sacudiu o ordinário e transformou o pulsar orgânico do corpo em algo absolutamente magnífico Imagens Sensações Rascunhos Minutos que tornaram-se história Memória. 
Photo: Fantasticna

Ângulo

"As vezes a resposta está em se perguntar o que você não quer..."


Artwork: Katya Gridneva


Roubado..

(...) degustações devem ser demoradas, sem pressa, para dar chance aos sabores mais sutis...àqueles que não aparecem nas primeiras mordidas,vão chegando e fazendo a diferença...no paladar.
Photo: Unknown artist

Conversão

Sintonia Conexão Vácuo compartilhado Espaço vazio em ambos os lados Conversão do nada em desejos Pipa colorida no horizonte Você Eu e a eterna possibilidade de nós dois Um exercício que sempre fazemos Talvez sem a menor intenção de torná-lo real Talvez nos alimentando para darmos uma sobrevida até uma oportunidade Um calendário sem datas Como bem já sabemos Uma chance jogada em um futuro que pode se perder nas edificações da vida de cada um Ou que pode quebrar tudo e surpreender Não a nós dois Mas ao resto...
Photo: Arindam Sen