Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2017

Recaída

Estou toda colada em você todo A boca, o peito, o ventre, o sexo Meu coração bate tanto e tão forte Que o sinto subindo pelo pescoço Minha respiração está acelerada Meu corpo todo pulsa e treme Quero te esquecer de verdade Mas não sei por onde começo Você está todo em mim... Artwork: Kim Joon

O Senhor das Palavras

E lá estava ele, o Senhor das Palavras Sempre sabia o que dizer com suas frases exatas Doava palavras de apoio e força para os fragilizados Distribuía para as mulheres galanteios sempre certeiros  E usava sempre um tom grave e sincero com os mais velhos E ela, que também era muito hábil com as palavras por profissão, Em um encontro no pátio, aceitou o desafio dele de trocarem verbos Ele começou o jogo usando os verbos surpreender , conhecer e encantar Despretensiosa, ela preferiu seguir o jogo usando o observar e o flertar E ele, cheio de charme, quase a chamou de covarde por  não querer apostar Levando tudo como uma brincadeira, ela usou o repetir, o sorrir e o permitir Ele a olhou demorado e, como se já a conhecesse, usou o provocar e o instigar   Acreditando que, com suas escolhas, ele estava jogando pra valer, ela usou o abrir Ele então deu um sorriso desconcertante e usou, sem economia, o cativar e o seduzir

Restaurando

Adoraria jogar suas roupas no lixo Pisar no seu fone de ouvido preferido Quebrar os vidros do seu carro com martelo Mas não tenho nada disso... Só tenho coisas invisíveis, não palpáveis Um monte de impressões, sensações, suposições Registros de um envolvimento remoto e desconexo Cheio de não intenções... Então vou mudar a minha playlist rápido Deletar sem a menor pena músicas que até gosto Limpar cada cantinho até achar seu último vestígio Vou faxinar o ciberespaço.. Mas, não vou detonar nada do que é seu Apenas vou me desfazer de tudo o que é nosso Colar o que rachou para não ter que catar os cacos A destruição pode ficar toda com você. Artwork: Unknown artist

Reciprocidade

Palavras iguais chegam no mesmo momento Revelando pensamentos simultâneos Descortinando desejos idênticos Fragmentos de frases se encontram no ar e se completam Para chegarem inteiras aos seus destinos Fazendo do um o resultado de todas as matemáticas Textos se misturam e se complementam Escrevendo uma história mútua a quatro mãos De sentidos inéditos, não catalogados Imagens evocam risos, cumplicidades, corpos e movimentos Onde até as gotas de suor escorrem em sincronia Não é tesão, não é paixão, não é amor...reciprocidade. Artwork:  Carol Weinberg

Insight

Em que vales moram as respostas para que possamos encontrá-las? Em tudo o que foi dito antes, depois ou no que não foi dito? Nas linhas, nas ênfases, ou nas entrelinhas? Onde estão as sinalizações para encontrarmos o endereço das respostas? Olhamos para frente, para trás, para os lados ou para nós mesmos? E o que pode nos guiar na falta de sinalizações claras? As respostas talvez estejam na alucinante necessidade delas. Se é isso que nos impele, é porque o que aconteceu ou foi dito ficou incompleto. E aí percebemos que o que procuramos não são respostas, mas pedaços que faltam... Artwork:  Adam Hale

Mensagem

Eu queria que você estivesse aqui Onde eu pudesse encostar em você Onde você pudesse ouvir meus silêncios Onde meus gemidos pudessem ser acionados Onde suas mãos pudessem teclar no meu corpo Eu queria que você estivesse aqui Nessa bolha que só a gente entende Nessas diferenças que a gente viabiliza Nesse dia ensolarado que jamais nos veria Nessa cena que conhecemos, mas não vivemos Eu queria, quero, quereres Artwork:  Steve K | Fineartamerica