Pular para o conteúdo principal

Últimos suspiros



Te  chamo para  um café ameno
Bato no seu peito com raiva
Me jogo nos seus braços
Levo um soco calado
Falo em monólogo
Raspo o tacho

Procuro pelas lágrimas
Mas não as encontro
Elas se recolheram
Para felicidades...


Artwork: Aykut Aydoğdu