Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2019

Na Rota

Busquei e reencontrei a amplidão
Olho para frente e respiro abertura
Cabelos, corpo e sentimentos ao vento
.
.
.
Subitamente um fio de saudade me puxa
Olho para trás e ainda vejo a ilha ao longe
Sinto em mim fragmentos, pedaços invisíveis
Do que sempre me lembrarei em qualquer tempo
.
.
.
O vento nota que balancei e reage forte para me resgatar
Usando meus cabelos para me acordar como chibatadas
Me obrigando a virar pra frente e encarar o horizonte
.
.
.
Estou sem bagagem, volto ao movimento, a navegar
Deixei pra trás, na ilha, tudo o que me fez partir
Nada me chama ou me espera, estou no mar



Livre



Artwork: Christian Schloe 





Amplidão

Navegar é preciso
Lançar-se de novo
Jogar-se além mar
Abrir os caminhos
.
.
.
Ir em direção ao ponto zero e
Ser surpreendida pelo o que é
Espontâneo, leve e vivo
.
.
.
Poder mergulhar fundo
Sem que icebergs
Inesperados
Detenham
.
.
.
O fluxo.





Artwork: Eugenia Loli




Re-conheço

ARMADURAS e borboletas não combinam. ©





Artwork: @desertmusestudios

Status

Dá para tirar férias do MUNDO? ©



Artwork: Aykut Aydoğdu


Quadrado

Às vésperas de 2020
No tal mundo globalizado
Com as expressões ampliadas
E o que percebemos em toda parte?
Que de repente todos querem ser iguais
E que estão se tornando reféns
De falsas expectativas
De falsos modelos
De falsos eus
Em um mundo
Quadrado e
.
.
.
Chato.


Artwork: Aykut Aydoğdu

Opium

(...)

Abraços esfomeados
Que unificavam
Que sufocavam
Que liberavam...

Mãos ambiciosas
Que deslizavam
Que apertavam
Que abriam...

Beijos extasiados
Que exploravam
Que passeavam
Que invadiam...

Encaixes perfeitos
Que estremeciam
Que instigavam
Que viciavam...

Encontros maculados
Que machucavam
Que apartavam
Que teimavam
.
.
.
Opium



Artwork: Nelli Utalishvili



Preliminares

Se jogar em uma pista de dança
E dançar todas, se entregando ao ritmo
É como vivenciar preliminares intermináveis
Você fica curtindo o caminho, ainda não chegou lá
Mas seu corpo todo fica motivado e preparado pra isso
.
.
.
Dance.





Artwork: Unknown Artist






Passeio

(...)

Era tão intenso que a carícia preguiçosa do vento que entrava pela janela a excitava.
Assim como o arrepio involuntário do seu corpo ao ser tocado pelo frio do inverno
O contato delicado do meio dela com a calcinha macia entre as pernas cruzadas
A dobra lânguida do decote do vestido escorregando pelo seu ombro esquerdo
E as . . .
.
.
Quentes

Molhadas

Deliciosas

Degustadas

Lembranças.

Photo: Edward Olive




Sinopse

Nem sempre o que eu escrevo é verdade
Mas o que eu sinto sempre é.


Artwork: Catrin Welz-Stein




















Astronautas

(...)

E havia uma característica muito comum aos seres humanos da segunda década dos anos 2000: um assustador número deles insistia em des-perceber que as coisas não poderiam mais ser como ANTES.




Artwork: Eugenia Loli


Ondas...

E o que você faz, quando ondas gigantes internas reviram tudo e te deixam nua, expondo verdades camufladas?

Você se acalma e espera, porque maremotos assustam, mas também expulsam o que não pertence aos mares...




Artwork: Scout Cuomo