Pular para o conteúdo principal

10 coisas que não gosto...


Quando a xícara balança e o café transborda, fazendo o líquido escorrer discreto, mas maculando o pires...

De pessoas que não olham nos meus olhos, como se falassem atrás da vidraça fechada de uma janela.

De pessoas que têm preguiça de sorrir porque, na verdade, não querem dar coisa alguma para pessoa nenhuma.

De pessoas que falam sem parar, sem respirar, emendando assuntos, evitando contato até com elas próprias.

De pessoas sem responsabilidade emocional, que provocam e cativam apenas por mero entretenimento 

De grosserias gratuitas, não provocadas, não justificadas, verdadeiras "pedras em gatos"

De horários impostos que brigam com o meu relógio interno e me roubam tempo bom. 

De situações com começo, meio e fim, mas sem palavras, ações, fatos; alimentadas e sacrificadas na covardia da subjetividade.

Quando ignoro minha intuição e percepção e insisto, mesmo quando eu toda digo não.

De ver os olhos da minha mãe tristes. São como ver feridas em deuses.

Artwork: Giulia Bernardelli


Comentários