Pular para o conteúdo principal

Estou chegando


Deixo tudo para trás

Para o já passou, foi ontem

Deixo tudo o que machucou e doeu

Por eu confundir, por ter me confundido

Deixo todas as expectivas que me frustraram

Porque não aconteceram, não foram reais ou justas

Deixo pessoas, coisas, lugares, amores, memórias, datas

Começo do agora, do caos, do hoje, desse tempo, desse capítulo

Ouso re-escrever livros, roteiros, séries, filmes, contos, crônicas, posts

Decido contar a minha própria história, com minhas palavras, nos meus termos

Não deixo mais nada me enganar, me manipular, me devastar, me desviar, me deter

.

.

.

Nem eu mesma.

Art photography: Heather Gaudio

Comentários