Pular para o conteúdo principal

Deixa chover



Gabriela estava distraída, interagindo há horas em suas redes sociais, quando ouviu um chiado lá fora. A janela estava fechada, as cortinas também; a música estava alta, mas ainda assim escutou. Ao se aproximar da janela, viu que estava chovendo e, ao observar a dança dos pingos nos vidros por alguns minutos, percebeu o quanto estava cansada da hiperconexão digital.

Em um ato reflexo ela largou o celular, desligou o som, apagou as luzes e ficou ali. Naquele inédito silêncio, ela parou para curtir o barulho da chuva, olhar a rua. Ela reparou as poças que já se formavam, as pessoas correndo, o bailar das copas das árvores sob o vento. 

Gabi ficou ali, se procurando...

Artwork: Meredith Marsone @meredithmarsoneartist via @artaspect

Comentários